OBJETIVO

Objetivo do Consórcio Iner

O consórcio INER, foi criado com o objetivo de viabilizar a nível nacional a implantação do Sistema INER de resíduos sólidos, através do programa denominado “Lixo Zero Social 10

A iniciativa foi da CESB – Confederação do Elo Social Brasil, fundada em 1.993, com objetivo de ajudar o Estado na difícil tarefa de tornar o Brasil um país mais justo e viável, tarefa que não seria possível se não melhorarmos a cidadania como um todo.

Embora a Constituição Brasileira dê aos homens o direito de exigir do Governo nas esferas Federal, Estadual e Municipal, uma política social justa, isto não o exime de dar sua parcela de colaboração naquilo que tem como referência a solidariedade e o bem comum, consolidando assim o verdadeiro regime democrático.

Com a aprovação Lei 12.305/10 que instituiu a nova política de resíduos sólidos e que deu, aos municípios brasileiros, o prazo de 4 (quatro) anos para se adequarem e não o fizeram. A CESB, tinha plena consciência e certeza que nada seria feito para mudar a dura realidade em que se encontrava e que se encontra ou Brasil, ou seja um país com mais de 3.500 (três mil e quinhentos) lixões a céu aberto, alguns travestidos de “aterro sanitário”.

                                             Era o momento esperado pela CESB que lhe possibilitou unir o lado social ao do cuidado para com a natureza, saúde e direitos humanos. Unindo o lado empresarial com geração de empregos e renda, e ainda trazer juntamente uma proposta social viável e desatrelada de qualquer participação governamental, que tem como foco a família, transformando o homem em um bom filho, bom marido e bom pai e a mulher em uma boa filha, boa esposa e boa mãe.
Os próximos passos foram criar o Instituto INER, que se responsabilizou pela administração das Cooperativas denominadas Cooperiners e das unidades do projeto denominado DESMANCHECAR responsável pela recuperação dos resíduos sólidos ferrosos e não ferrosos. Criou-se também o SINDETAP – Sindicato Nacional dos Decoradores e Tapeceiros, responsável pela profissionalização das pessoas que hoje tiram o seu sustento através do lixo, quer captado nas ruas de casa em casa, puxando literalmente carroças ou diretamente nos lixões.

Nascia assim o Sistema INER de resíduos sólidos que para atuar teria que ser construído através de uma base empresarial, o que se fez com a união das maiores empresas de seu seguimento, surgindo assim o Consorcio INER.

Na construção de nossas usinas não poderíamos utilizar na integra as tecnologias aplicadas em outros países dada a diferença geográfica e principalmente a diferença cultural. E sendo assim o Consórcio INER desenvolveu todos os equipamentos utilizados aqui no Brasil, gerando empregos e renda, e diminuindo o custo do investimento com as vendas diretas dos equipamentos de seus fabricantes para os investidores empresários o que viabilizou ainda mais o sistema.